Erro 451 – o código de censura da web

por UnderNews

'. A Internet Engineering Task Force acaba de confirmar a criação de um código de erro inteiramente novo para os sítios web censurados pelas autoridades: estes poderão afixar "Erro 451".

A proposta foi votada e a Internet Engineering Task Force (IETF) e, mais particularmente o Internet Engineering Steering Group acabam de confirmar o advento de uma nova mensagem de erro na Internet. Após os erros 404, 500 ou ainda o 503, eis agora o erro 451 . Para recordar, os códigos de erro estão todos referenciados nesta página .

Este novo código HTTP inspira-se num dos romances mais célebres de toda a história da ficção científica, o famoso Fahrenheit 451 de Ray Bradbury. Ele significará que o sítio web visitado foi proibido pelas autoridades e censurado, mais explícito que o clássico erro 404, indicando que o sítio está inacessível, portanto uma mensagem bem mais precisa e explicativa, indicando claramente que o sítio não é vítima de um problema técnico ou de um acto de pirataria, mas sim de uma decisão governamental.

"Em certas jurisdições, penso que governos restritivos vão recusar a utilização do código 451 a fim de ocultar o que eles fazem. Não podemos impedir isso, mas se governos forem nesse sentido, eles estarão a enviar um sinal forte a seus cidadãos sobre as suas intenções, comenta Mark Nottingham , presidente do grupo de trabalho HTTP no interior do IETF .

É claro que os países que praticam a censura em grande escala, como a China, o Irão ou a Turquia, poderiam muito bem decidir banir esta nova mensagem "Erro 451" , demasiado precisa para eles e suas actuações... sendo a sua denominação completa "451 Indisponível por razões legais".


22/Dezembro/2015

O original encontra-se em www.undernews.fr/...

Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .
25/Dez/15