Nos EUA até candeeiros de rua espiam o povo
– Nem George Orwell havia pensado nisso

O novos candeeiros de rua instalados nas cidades americanas não servem só para iluminar: também permitem que o Departamento de Segurança Interna emita mensagens urgentes e efectue vigilância vídeo – além de gravar conversações das pessoas.

A companhia "Illuminating Concepts" defende o seu produto, chamado "Intellistreets". Diz ela que o mesmo não representa uma intrusão na vida privada, que esta tecnologia não é o "big brother".

Até agora estes candeeiros inteligentes encontram-se nas cidades de Detroit, Chicago e Pittsburgh. Eles são apresentados como medidas de protecção e vigilância porque estão ligados a um sistema de alerta do Department of Homeland Security (DHS) e são capazes de registar tanto as imagens como os sons. O proprietário da empresa, Ron Harwood, foi acusado de trabalhar em conivência com o DHS e de instalar uma rede de alta tecnologia ligada a um poderoso sistema wi-fi.

Harwood declarou que os ditos candeeiros vão nos dar mais segurança e nos tornar mais felizes pois representam a maneira como as empresas e o governo podem trabalhar em conjunto para criar benefícios económicos, ambientais e sociais!

Segundo ele, esta tecnologia não é uma ameaça à vida privada uma vez que a sua existência é pública.

Estes candeeiros de vigilância têm um potencial de espionagem ilimitado, tal como as câmaras de vigilância na Inglaterra onde podem ser dadas ordens às pessoas, através de alto-falantes, para recolherem seu lixo ou abandonarem a zona.

O original encontra-se em conscience-du-peuple.blogspot.fr/...

Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .
07/Jun/15