Declaração conjunta de solidariedade com o KKE

Nós, Partidos Comunistas e Operários, estamos acompanhando os acontecimentos na Grécia, a ofensiva da União Europeia, do capital e seus representantes políticos contra os direitos trabalhistas e populares.

Nossos partidos apoiam as lutas dos trabalhadores gregos e expressam sua solidariedade internacionalista e seu apoio com a luta do KKE.

Durante muitos anos, os governos da ND e PASOK, em cooperação com a UE, o BCE e o FMI, aplicaram memorandos e duras leis antipopulares com dolorosas consequências para a classe operária e setores populares.

Hoje, o acordo antipopular, o terceiro memorando, que foi assinado pelo governo SYRIZA-ANEL e apoiado pela ND e o PASOK com a Troika, mantém as medidas antipopulares dos governos anteriores e impõe novos encargos aos trabalhadores da Grécia, impostos insuportáveis, a abolição dos direitos trabalhistas e de segurança social, as reduções nos salários e as pensões, privatizações, etc., piorando ainda mais a situação das famílias das camadas populares.

Estes acontecimentos nos permitem extrair algumas conclusões úteis para fortalecer a luta popular:

  • o capitalismo não pode ser humanizado. Gera crise, desemprego e pobreza. Na realidade, demonstrou que toda gestão do sistema aprofunda os problemas do povo e aumenta os benefícios do grande capital.

  • a UE é uma organização reacionária e imperialista. A "democracia", a "solidariedade" e a justiça social não podem existir em seu marco.

Os Partidos Comunistas e Operários que assinam esta mensagem apreciam a decidida e consequente posição do KKE junto à classe operária e ao povo grego pela abolição dos memorandos, contra o acordo antipopular assinado pelo governo do SYRIZA-ANEL (e o resto dos partidos políticos burgueses) com a Troika (UE-BCE-FMI).

Nossos partidos saúdam a luta dos comunistas da Grécia pelos direitos trabalhistas e populares, a derrocada da barbárie capitalista e pelo socialismo.

Declaração Conjunta aberta a novas adesões

Primeiros partidos signatários:

1. PC da Albânia
2. Partido Argelino pela Democracia e pelo Socialismo (PADS)
3. PC da Macedónia (ARYM)
4. PC da Austrália
5. Partido do Trabalho da Áustria
6. PC de Bangladesh
7. PC dos Operários da Bielorrússia
8. PC Brasileiro
9. PC da Bretanha
10. PC de Bulgária
11. Partido dos Comunistas da Bulgária
12. União dos Comunistas da Bulgária
13. Partido Comunista da Dinamarca
14. PC de Eslováquia
15. PC dos Povos de Espanha
16. Partido dos Comunistas EUA
17. Organização Socialista Caminho da Liberdade (FRSO), EUA
18. PC de Filipinas – 1930
19. PC Unificado da Geórgia
20. PO Húngaro
21. Partido dos Trabalhadores da Irlanda
22. PC de Malta
23. PC de México
24. PPS de México
25. Novo PC dos Países Baixos
26. Partido Comunista do Paquistão
27. PC da Polónia
28. PC Operário Russo
29. Novo Partido Comunista da Jugoslávia
30. Partido Comunista Sírio
31. Partido Comunista Sul-africano (SACP)
32. PC (Turquia)

A versão em português encontra-se em inter.kke.gr/pt/articles/Declaracao-conjunta-de-solidariedade-com-o-KKE/ . Tradução do PCB .

Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .
24/Jul/15