A entrada do ébola nos EUA tem todas as marcas de um acontecimento planeado

por Paul Craig Roberts [*]

Fato hazmat. Está disponível mais informação a sugerir que o governo teve informação antecipada de que o ébola estava a vir para os EUA e de que o governo espera um surto (outbreak) da doença nos EUA do que admite.

Recordar que Washington é perversa e tem estado a matar pessoas em sete países durante treze anos inteiramente com base em mentiras. Recordar que Washington tem uma longa lista de países que desestabilizou. Mais recentemente Washington derrubou o governo eleito na Ucrânia e actualmente está a ocupar-se dos restantes governos independentes no Médio Oriente, Rússia e China como documento o artigo de Tony Cartalucci: www.globalresearch.ca/...

Para seis estudos de caso de como Washington derrubou governos, ler The Brothers .

Aqui está um relatório da Natural News: www.naturalnews.com/...

O governo dos EUA sabia antecipadamente acerca do surto, mas não advertiu o público

Agora está claro que o governo dos EUA sabia há muito que este surto estava para vir mas nada fez para advertir o público.

No princípio de Setembro, o governo tentou comprar 160 mil fatos hazmat ( hazmat suits ) junto a um fornecedor estado-unidense: www.naturalnews.com/...

Além disso, segundo esta reportagem em SHTFplan.com, "Disseram a Equipes de Resposta e Assistência a Desastre para se preparem para ser activadas no mês de Outubro". www.shtfplan.com/...

Não acha estranho que enquanto o próprio governo estava a preparar-se para um desastre em Outubro, não fosse dito coisa alguma ao público acerca disto?

21/Outubro/2014

Ver também:
  • As origens da crise do ébola

    [*] Antigo secretário assistente do Tesouro dos EUA e editor associado do Wall Street Journal, autor de How the Economy Was Lost e de How America Was Lost

    O original encontra-se em www.paulcraigroberts.org/2014/10/21/entry-ebola-us-hallmarks-planned-happening/


    Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .
  • 23/Out/14